terça-feira, 23 de dezembro de 2014

GOTAS ORVALHADAS DE AMOR

















Cintilam no chão gotas de amor.
A Natureza doce de jasmim,
Em cada flor há um beijo de mim,
Num sol brilhante a dar-lhe calor.

Eu não quero guardar nuvem sombrias.
Quero qu' o céu azul-anil sorria
E acorde os sonhos d' alegria,
 No encanto das manhãs brancas, frias.

Abro as janelas imaginárias
Que não estão assim tão solitárias...
Vou receber aromas de amor

A Natureza doce de jasmim
Guarda as flores belas no jardim...
Estou perfumado da tua flor.

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

TRAZER O "SER" LIBERTO

Da gota d' água dum carinho agreste Geram-se os oceanos da bondade. O coração qu' é livre e bom reveste Todo o...