Follow by Email

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

A PAISAGEM E O SONHO


























Minh' alma reflect' aspectos do ambiente.
A Natureza tem comig' afinidade,
Pois a paisagem cerca-me benevolente
No interior - única realidade.

E eu aprecio-a sempre com saudade:
Panorama encantado e envolvente!
O ar tem sedução macia da bondade:
A luz, a serra... deixam-me elanguescente.

Funde-se no meu ser estranha harmonia
Ao crepúsculo outonal de poesia
Da paisagem serrana, em doce tristonho...

E sinto em mim um desenvolver-se mudo,
Porque o pôr do sol me faz esquecer tudo...
Entro no meu céu, como infinito sonho!

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário