quarta-feira, 18 de novembro de 2015

HISTÓRIA

















Pode ser comum o meu curso de História.
Corriqueiro e até mesmo banal.
Mas a vida faz a sua trajectória:
Deixou-me na alma um profundo sinal.

E não digo isto por nenhuma glória.
Sou humilde, mas não sou como cristal.
Reforcei com ela a minha vitória,
Refiz a vida, sou mais sentimental.

Já muitas vezes enfrentei o desdém.
Mas sei tudo o qu' a História risca:
Não é o mesmo do que dela se diz.

História é memória que vem
Ensinar-me a viver hoje - é isca
Que me ajuda também a ser feliz.

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

SONETO BEM CRIADO

Nestas linhas mal traçadas, Há um soneto partido E mágoas anunciadas: Ouve-se long' o gemido. Nas linhas, há al...