terça-feira, 10 de novembro de 2015

DESEJO DE AMAR
























Amo-te desde o primeiro momento,
Sem saber se estou certo ou errado.
Tenho apenas um grande sentimento:
Ver o teu corpo sempre mais desejado.

Amo-te ao ritmo do meu coração.
Gosto dos momentos passados contigo.
Eu vivo abraçado a esta paixão,
Cada segundo penso ser teu amigo.

Vivo um sonho quase concretizado.
E serei feliz nos dias que viver
Em plenitude, se por ti for amado.

E é a grande razão que me faz crer
Que não poderás deixar de me querer...
Só espero vir o tempo ajustado.

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

SAUDADES, MÃE !

Vejo-te num anónimo jazigo Humilde, ond' a paz se nos revela. Erguida, junto dum ciprest' antigo, Contemp...