Follow by Email

segunda-feira, 3 de setembro de 2012

HUMILDADE DE SERVO























Precisas ter alcançado,
Com o coração sem fingimento
O teu grau mais elevado
De viver humildemente.

Enquanto lá não chegares,
Mesmo sendo desprezado,
Pensa que não apanhaste
Dom humilde desejado.

Se fizeres tudo bem
Sem este grau d'humildade,
Ainda não 'starás bem
No caminho da verdade.

Jesus antes de ensinar,
Quis dar-nos esta lição:
Aprendei a imitar
Sou manso de coração.

Quis praticá-lo de verdade,
Humilde sem fingimento,
Desprezando a vaidade
Com tod'o descernimento.

Mergulhou na humildade,
Desprezo e abjecção,
Que pregava a verdade,
Sem mostrar Sua perfeição.

Aniquilou-se a Si
Como condição de servo.
Não fez milagres aqui,
Na Sua terra, 'stvam cegos.

Não apenas se fez servo
Pela Sua Encarnação:
Mas quis ser inútil servo,
Tomou essa condição.

Modesto
                                       

Sem comentários:

Enviar um comentário