sábado, 12 de novembro de 2011

O SILÊNCIO

O silêncio é sabedoria
Que grita eloquente ao mundo,
Ele é a base da filosofia,
Num murmúrio do amor profundo.

O silêncio é de excelência,
Quando a luz brilha nas noites calmas,
É esperança quando há ausência...
É alarido na dor das almas.

É mais do que a espera no tempo,
Intervém na saudade dum momento...
É a memória que faz crescer.

Ele é o deserto na noite fria,
Mas bálsamo nas marés d'agonia...
É calar quand' há muito pra dizer.

Modesto

1 comentário:

  1. Hoje vai o pensamento de um grande Homem:

    "O segredo é não correr atrás das borboletas... É cuidar do jardim para que elas venham até você."

    Mário Quintana

    ResponderEliminar

NOITES DE LUA

Belas noites brancas de lua cheia, Como gosto de vós, noites formosas! Minh' alma canta como a sereia, Que s...