quarta-feira, 24 de agosto de 2011

CAROS OS TEUS OLHARES

Olhos serenos, claros,
Vosso doce olhar me deixa abalado,
Quando me olhais fico airado
Com esses lindos olhos tão caros!
Podíeis ser mais piedosos,
Como quando tocais a lira,
Porque quando me olhais com ira,
Pareceis menos formosos!
Olhos serenos, claros,
Olhai os meus de mansinho!
Já que vossos olhares são tão caros,
Que sejam, ao menos, olhares de carinho!

Modesto

1 comentário:

VENDO-NOS AO ESPELHO

O espelho não me diz que envelheço, Enquanto andar junto da mocidade. Mas as rugas vêem meu rosto impresso... J...