terça-feira, 22 de março de 2016

POEMA DA SEMANA SANTA



















Jesus Cristo quis ser homem humilhado.
Morreu para salvar a humanidade.
Saboreou o que é ser desprezado.
Surpreendeu com a Sua humildade.

Nas emoções, tinha sempre segurança.
Seu coração tinha sensibilidade.
Juntou os homens numa só aliança,
Permitindo-lhes viver em liberdade.

Na terra, ninguém foi tão atraiçoado,
Ninguém permitiu tanta humilhação.
Na vida nada Lh' era inabalado,
Até na hora da crucificação.

Transparecia muita simplicidade,
Mesmo com a grandeza do Seu poder.
Mostrou, assim, a Sua humildade,
Rei! E ao mais baixo degrau quis descer!

Jamais veremos maior prova de amor:
Alguém que se deixasse morrer na cruz!
Só Ele, que é o Mestre e Senhor,
Só Ele, que nos salva - Cristo Jesus!

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

VENDO-NOS AO ESPELHO

O espelho não me diz que envelheço, Enquanto andar junto da mocidade. Mas as rugas vêem meu rosto impresso... J...