segunda-feira, 7 de março de 2016

SANDE DA BEIRA DOURO




















Vivo num lugar distante,
Com minh' alma desolada,
Sinto saudade constante
Daquela terra amada.

Tenho paixão afinada,
P'la terra em que nasci.
É saudade apertada
Do Douro onde vivi.

Minha alma tem saudade
Da criança venturosa
E das flores do jardim.

Por tod' a eternidade,
Minha terra saudosa
Fica 'sperando por mim.

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

O CÉPTICO TAMBÉM PENSA...

Deus há muito desceu no Ocidente, Lá, por trás dos montes de rosa tingidos... Vejo o mundo que ante mim s' estende ...