segunda-feira, 8 de abril de 2013

MÃOS DA MÃE





Mãos qu' a rosa acaricia,
Alivia o sofrimento,
A minha mão amacia
 A tod'e qualquer momento.
 
Mãos dos sonhos de criança
A guiar os passos lentos,
Teu amor dá esperança
E ouve os nossos lamentos.
 
Dirigem meu caminhar,
Tecem o meu vestuário,
Consola o meu errar...
Depois reza o rosário.
 
Mãos ternas d'amor, carinho...
O coração sab'end'reitar.
Orientam meu caminho
No meu primeiro amar.
 
Mãe que m'ensinou o bem
P'ronde minh'alma caminha,
É tua mão, minha mãe,
Que me guia, tão velhinha!
 
Modesto
 

Sem comentários:

Enviar um comentário

DESCANSO DUM SONHADOR

A cabeça pendida docemente Em sonhos do sonhador inquieto: É o sonho o seu bordão clemente E repousa num descanso discr...