sábado, 15 de outubro de 2011

VOU PARA O CAMPO

Vou pró campo buscar novas emoções
Que me tragam a paz e a esperança,
Onde a brisa entoa as canções
De ternura: Com elas, faço aliança.

Vou saborear frutos deliciosos,
Descansar à sombra de árvores belas
E apreciar os carvalhos frondosos...
Até ao anoitecer, pra ver as estrelas.

Quero reviver antigas emoções:
Ouvir melodias em ritmo suave
Dos pássaros qu'entoam ternas canções,
Descer ao rio, remar na minha nave.

E, tu, meu campo, verei com'explorar-te:
Ou cultivo o que for mais agradável,
Ou faço,em ti, um jardim cheio de arte...
Serei, pra ti, um amigo inseparável.

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

POEMA MODERNO

Sou um apaixonado da palavra E da estética do lugar. Expresso os meus pensamentos, Logo que os meus olhos falam E o...