terça-feira, 11 de outubro de 2011

TENHO UM SONHO

Eu fui sempre a humildade em flor,
No outono da vida, amadureço.
A vida que vivi tenho em apreço
Vida que me deu alegria e dor...

Fui vivendo em outonos benfeitores!
Sou feliz porque nasci e envelheço:
'Inda sinto a alegria do começo,
A correr p'los campos, no meio das flores.

E, da minha terra, o eco escuto:
Boas recordações me levam a ti,
Quand'em ti corria, com passo astuto!

E, nest'outono, um sonho me sorri:
Beijar o teu chão, onde fui flor e fruto,
Morrer na terra em qu'amadureci!

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

TRAZER O "SER" LIBERTO

Da gota d' água dum carinho agreste Geram-se os oceanos da bondade. O coração qu' é livre e bom reveste Todo o...