Follow by Email

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

VEM COMIGO PARA A ALDEIA !

















São belas as aldeias, sossegadas
Com aspeto calmo e pastoril,
'stendidas plas colinas azuladas,
Mais frescas que as manhãs de Abril!

Alegram as paisagens as crianças
Cheias de murmúrio, como ninhos:
Elevam-nos às coisas simples, mansas,
Como as velas brancas dum moinho.

As tardes amenas, como eu gosto,
Têm um vida activa, sã!
Vê-las à luz brilhante do sol posto,
São belas, como a doce manhã!

Chega a noite, ouvem-se os ralos
Zumbirem suas notas sibilantes,
Misturam-se aos cânticos dos galos,
Ao gri-gri dos grilos, ao cães distantes...

Tudo canta alegre, docemente
Reza-s' as orações do fim do dia
Pra agradecer a Deus o que sente:
Cansaços, dores... Mas doc' alegria!

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário