sábado, 5 de agosto de 2017

ILUSÃO E SONHO


















S' a vida é ilusão, também a alvura
Do amanhecer que aponta com luz mansa
A rasgar as sombras duma noite escura,
É uma ilusão vestida d' esperança!

A aurora rosada no astral perdura
Por tempo breve de ilusória dança,
A alternar os roxos véus de seda pura,
Enquanto o cálido sol no céu avança!

Gosto d' ilusão, d' amor, do sonho, do belo...
Que se tornam o meu viver - eu me revelo -
Já qu' o mundo se empenha em ser tristonho!

Do oceano das quimeras, não me esquivo!
Mas, porque sonho é que eu ainda vivo.
Sei que me iludo porque ainda sonho!

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

AQUI MOROU MEU REI

Aqui morou um rei quando, menino, Vestia um castanho algodão. A pedra da sorte do meu destino Pulsava junto ao meu cora...