quinta-feira, 10 de agosto de 2017

PERDOA-ME, SENHOR














Jesus, eu devia amar-Te tanto
Até me perder na Tua Paixão...
Perdoa meu desvio pelo quanto
mereceu padecer meu coração.

Perdoa-me, ao menos por enquanto,
Meus pecados pareçam ilusão
de morrer, amando-Te, pelo encanto
De viver conhecendo Teu perdão!

Perdoa-me se não Te amei tanto
Em amor perdido no Teu encanto
E esquece todo o mal que fiz.

Perdoa-me pela eternidade
O sonho desta vida sem verdade...
Faz com que viva Contigo feliz.

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

AQUI MOROU MEU REI

Aqui morou um rei quando, menino, Vestia um castanho algodão. A pedra da sorte do meu destino Pulsava junto ao meu cora...