Follow by Email

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

E SERÁ SEMPRE COMO DA PRIMEIRA VEZ

Sempre que nos encontramos
É como da primeira vez
com nossos olhares ainda sufocamos
E nosso coração começa a bater,
A tua voz me faz estremecer.
Cantas baixinho ao meu ouvido
Para me comover...
Ainda sinto o sabor dos teus beijos,
Ainda são especiais, hoje, pra receber...
Como o teu sorriso ao me receber
Que me tira todo o mau humor...
Mesmo hoje, falando do nosso amor,
Procuramos um abraço sedutor de cada vez:
Sempre que nos encontramos, é como da primeira vez.
 
Modesto
 


Sem comentários:

Enviar um comentário