Follow by Email

sábado, 1 de dezembro de 2012

ESPERANÇA, JUSTIÇA





Às vezes também se espera. Isto cansa!
Com a espera também se perde a crença...
E vão-se os sonhos nas asas da descrença,
Voltam os sonhos nas asas da esperança!

Há gente infeliz! Nisso pouco se pensa.
Diz-se qu'este mundo é ilusão completa:
É este pensar qu'ao mundo os manieta,
Pena não ter a esperança por sentença...

Ó Mocidade, ergue alto o teu grito!
Luta para o mundo não andar aflito,
Serve com glória os teus irmãos - Avança!

Há tanta gente que vive em desalento!
Vai também tu ajudar nesse tratamento!
Brada pela justiça e, depois, descansa.

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário