terça-feira, 24 de maio de 2011

PRECISO DE ALGUÉM

Preciso de alguém
Que me veja como eu sou,
Que me ouça com paciência
Quando a minha já acabou.
E, mesmo que não compreenda,
Respeite a minha essência
Donde tudo derivou
Com a minha insuficiência
E... me leve a ter emenda.

Preciso de alguém
Que respeite os meus sentimentos,
Que queira estar a meu lado
Naqueles dia mais cinzentos,
Mesmo sem ser convidado
E que me diga a verdade,
Mesmo que eu não a queira ouvir
E sinta dificuldade
Em aceitá-la e dela rir...
Mantenha sempre a amizade.

Preciso de alguém
Que teime em ser leal
Mesmo que eu fique sem dinheiro
E que não me leve a mal
Se eu insistir ser verdadeiro
E receba com gratidão
A minha mão de amigo,
Que seja bom de coração
Quando, com minha mão estendida,
Eu lhe pedir abrigo,
Aceite a minha oração
Para o ajudar na vida.

Preciso de alguém
Que seja condutor de fidelidade
e que, no meio da tempestade,
Grite bem alto comigo:
- «Vamos em frente, amigo
E, com verdadeira amizade,
Me faça ver a estrela
Que anuncia a nova aurora
Duma vida mais justa e bela,
Sem querer que eu vá embora.

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

DESCANSO DUM SONHADOR

A cabeça pendida docemente Em sonhos do sonhador inquieto: É o sonho o seu bordão clemente E repousa num descanso discr...